O Elder Cook Relata o Empenho da Área da Europa na Obra de Salvação

    O Elder Cook Relata o Empenho da Área da Europa na Obra de Salvação

    Depois de visitar a Igreja na Área da Europa em novembro, o Elder Quentin L. Cook do Quórum dos Doze Apóstolos relatou que o trabalho missionário, dos templos e da história da família está a avançar.

    Grande parte da sua viagem, de 14 a 23 de novembro, centrou-se em Portugal e em Espanha—onde o Elder Cook presidiu nas conferências da Estaca do Porto Norte, Portugal, e da Estaca de Lleida, Espanha, reunindo-se com membros e missionários e dirigindo reuniões de formação de liderança.


    Os membros reunidos para a Conferência da Estaca do Porto Norte a 15 de novembro de  2014.
    350 Congregation

    “Os membros nestes dois países são espiritualmente maduros, têm líderes fortes e um grande desejo de servir ao Salvador e viver os Seus mandamentos,” disse o Elder Cook.

    O Elder Cook, que se fez acompanhar na viagem pela sua esposa, a Irmã Mary Cook, elogiou o “maravilhoso serviço” prestado pela Presidência da Área: Elder José A. Teixeira, Elder Patrick Kearon e Elder Timothy J. Dyches, todos dos Setenta.

    Depois de se reunido com os missionários da Missão Portugal Lisboa em Oeiras e no Porto, Portugal, o Elder Cook comentou que o trabalho missionário em Portugal é forte e está a progredir. Ele constatou que os missionários em Portugal serão abençoados com um total que ultrapassa os 1.000 batismos neste ano. “Que sucesso maravilhoso estamos a obter no trabalho missionário”, disse ele.

    As sessões da conferência de estaca, realizadas nos dias 15 e 16 de novembro, contaram com a presença de “um número extraordinariamente elevado de pesquisadores”, que “pareciam ter sido tocados pelo espírito da conferência e estavam prontos para se filiarem à Igreja e servirem em posições de liderança e outras designações”, relatou ele.

    O Elder Cook disse aos membros em Portugal que eles deviam preparar-se para o novo templo. Prevê-se que a sua construção tenha início num futuro próximo.

    O Presidente Thomas S. Monson anunciou, a 2 de outubro de 2010, que um templo seria construído em Lisboa. Os Santos dos Últimos Dias em Portugal—onde a Igreja tem atualmente seis estacas e quatro distritos, frequentam o Templo de Madrid Espanha—situado a cerca de 600 quilómetros de Lisboa.

    O Elder Cook ficou impressionado com a forte tradição dos membros de frequentarem o Templo de Madrid Espanha. “Os jovens de Portugal de todas as estacas participam de, pelo menos, uma viagem por ano ao templo de Madrid, onde ficam durante vários dias”, disse ele.

    O Elder Cook ficou igualmente impressionado com a força da Igreja em Barcelona, Espanha. O trabalho missionário e o compromisso com a história da família e o trabalho do templo são extraordinários. Ele pôde reunir-se com os missionários de Barcelona, Espanha, e, em seguida, com uma congregação de membros fiéis na conferência de estaca realizada nos dias 22 e 23 de novembro.


    O Elder Quentin L. Cook pousa ao lado de líderes locais durante a sua visita à Área da Europa.
    350 Cook Visit

    O Elder Cook também elogiou o trabalho de história da família realizado pelos Santos dos Últimos Dias na Área da Europa.

    “Nós sabemos que as bênçãos vêm, não só quando vamos ao templo, mas também quando levamos os nomes dos nossos antepassados”. Ele disse que a totalidade do trabalho realizado pelos jovens no templo se deve aos esforços na área da história da família realizados pelos membros da Igreja na Europa.

    É muito importante que os jovens da Igreja sejam envolvidos no trabalho de história da família. “As bênçãos são enormes quando eles levam nomes da sua família ao templo”.

    Durante as conferências da Estaca de Lleida, Espanha, e da Estaca do Porto Norte, Portugal, o Elder Cook destacou a necessidade dos membros viverem o evangelho de Jesus Cristo. “Estamos focados na observância religiosa no lar e na importância dos conselhos de família. Incentivamos os membros a serem uma luz e um exemplo para os seus vizinhos”, disse ele. “Além disso, salientamos a necessidade de tornar os convênios do templo no seu objetivo e meta”.

    O Elder Cook ficou particularmente impressionado com a qualidade da liderança local na área. Durante a viagem, o Elder Cook trabalhou com o Elder Adonay S. Obando, um Setenta de Área que nasceu na Costa Rica e que desempenha as funções de executivo para Bayer Cropscience, e o Elder Joaquim J. Moreira, Setenta de Área de Portugal e ex-presidente da Missão Brasil São Paulo Leste, e coordenador regional do Sistema Educacional da Igreja.


    O Elder Quentin L. Cook visita a Área da Europa. Elder Cook, sua esposa e o Elder Joaquim Moreira.
    350 Cook City.jpg

    “Os Setentas da Igreja de todas as partes do mundo são simplesmente incríveis”, disse o Elder Cook. “Onde quer que vamos encontramos pessoas com grandes capacidades—espiritualmente humildes mas capazes de alcançar tudo o que lhes é pedido.”

    Para além das reuniões com membros e missionários realizadas em Espanha e Portugal, o Elder Cook fez designações de chamados missionários, para o templo e para a história da família. Ele reuniu-se com sete presidentes de estaca e a presidência do templo de Frankfurt, Alemanha, com 280 missionários na Missão Paris França, e com 450 missionários nas Missões combinadas de Londres e de Londres Sul.

    O Elder Cook informou que os presidentes de missão e os líderes na Europa “são incríveis” e foi “comovente poder falar e apertar a mão dos cerca de 1.200 missionários das cinco diferentes missões”.


    O Elder Quentin L. Cook e a sua esposa, a Irmã Mary Cook, pousa numa foto como os missionários da Missão Portugal Lisboa.
    350 Missionaries.jpg