Ala do Amial – União da Ala da Maia com o Ramo de Ermesinde

    Ala do Amial – União da Ala da Maia com o Ramo de Ermesinde

    O amor foi o grande tópico abordado na reunião e é de facto o mais importante. O bispo Emanuel Santos começou citando “Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!”  (Salmos 133:1). O objetivo é o mesmo, ou seja, o fortalecimento de Sião, amarmo-nos mutuamente e progredirmos todos juntos.

    O Presidente Jaime realçou que não podemos amar verdadeiramente a Deus se não amarmos o nosso próximo. É importante reconhecermos as necessidades das pessoas que nos rodeiam e procurar atendê-las – isso é o verdadeiro serviço ao próximo. “Quando estais ao serviço de vosso próximo, estais somente a serviço de vosso Deus” (Mosias 2:17). Este deve ser o nosso desejo e ao servirmos, ambos serão fortalecidos.

    Como nos ensinou o Rei Benjamim, se acreditamos nestas coisas, procuremos fazê-las. O desejo da Presidência da Estaca é que esta nova ala possa crescer ainda mais, mas para isso precisar de trabalhar, partilhar o evangelho e o nosso testemunho. Façamos um pouco mais e veremos os resultados.

    “E a caridade é sofredora e é benigna e não é invejosa e não se ensoberbece; não busca seus interesses, não se irrita facilmente, não suspeita mal e não se regozija com a iniquidade, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” (Morôni 7:45).