Pular para a Navegação Principal

A Fé dos Santos da Europa

A Fé dos Santos da Europa

Mensagem da Liderança da Área

TeixeiraJA_200x250.jpg

Por Elder José A. Teixeira, Portugal
Presidente da Área da Europa



A fé no Senhor Jesus Cristo manifesta-se nas nossas escolhas, especialmente perante a adversidade. Ao segurarem a barra de ferro, os Santos da Europa, estão a colher os frutos prometidos pelo Senhor e a tornar-se mais autossuficientes espiritual e materialmente.



Moldávia

O Serghei e a Mariana encontraram o Evangelho Restaurado aos 19 anos de idade. Depois do Serghei ter terminado o seu mestrado em Direito e da Mariana ter servido uma missão, a família Covali optou por instalar-se no seu país, a Moldávia, onde a maioria dos membros jovens já haviam emigraram para outros países. Eles vivem com o ordenado dele “por isso o nosso lar pode ser centrado no Evangelho - um lugar seguro para a mãe poder ensinar a vivência do Evangelho”.
“Foi difícil ter apenas um ordenado na família, mas, depois de testar a nossa fé, Deus abençoou-nos com a providência suficiente para as nossas necessidades.”
“Os meus colegas de trabalho sabem que eu não trabalho ao domingo. Aos 28 anos, liderei um escritório moldavo de uma firma de advocacia estrangeira. Isto foi inesperado pois tinha ido para missão após a faculdade de direito e estava receoso que, em dois anos, me tivesse esquecido dos meus estudos e que ninguém me contratasse. Mas aos 28, eu percebi que o Senhor nos abençoa com dez vezes mais. Eu era o mais jovem advogado no país à frente de uma empresa de advocacia. Agora, aos 30, sinto-me abençoado por ter este cargo”.




República Checa

Vaclav e Martina Sindylkovi filiaram-se à igreja quando eram recém-casados, pouco antes da queda do Estado Socialista. Enfrentaram os desafios e as bênçãos de educar cinco filhos num país onde dois eram mais do que suficiente. Diz o Vaclav: “O evangelho é o melhor que poderíamos dar aos nossos filhos.”. “Numa sociedade onde a sobrevivência financeira exige que o pai e a mãe trabalhem, valorizamos os relacionamentos eternos. Tornando o tempo para a família uma prioridade, eu escolhi trabalhar perto de casa, apesar de ganhar menos. A minha esposa está em casa a criar laços familiares fortes. Como dizimistas integrais, temos tido sempre o suficiente. As atividades da Igreja motivam as crianças a participar. Mas a verdadeira chave para a prosperidade justa reside nas visitas regulares ao templo. O espírito leva-nos a tornarmo-nos mais gentis e amáveis uns com os outros”. Três dos filhos do casal já serviram missão.


Islândia

Karolina Gudnason, de 18 anos de idade, da Islândia, está a preparar-se para a missão. Ela passou ao lado do Dia da Formatura por recusar as ofertas dos seus amigos para beber, conforme dita a tradição. “Não há diversão sem álcool”, diziam eles. “Apesar de algumas pessoas não entenderem as minhas razões, tive oportunidade de prestar o meu testemunho àqueles que o ouviram.” O testemunho de Karolina é o de que “a coragem não compromete”, conforme afirmou o Presidente Monson, e proporciona oportunidades missionárias.


Itália

O irmão Angelo Melone, a quem foi diagnosticado um cancro linfático, teve a fé resoluta para sair do hospital e ir à igreja, todos os Domingos, durante os tratamentos. O Angelo foi curado através da sua fé. O seu corajoso exemplo influenciou um jovem investigador que se filiou à Igreja.
Mais tarde, o irmão Melone foi inspirado a preparar a sua família para um invulgar tremor de terra em L’Aquila. A 6 de abril de 2009, a sua casa, situada a poucos quilómetros do epicentro, foi destruída. A sua família escapou apenas com os documentos e os bens de primeira necessidade. Na noite anterior, um carro tinha ocupado o seu lugar de parqueamento e ele teve que estacionar mais longe. Aquele carro ficou completamente destruído, enquanto que o seu saiu intacto. A sua e mais outras três famílias de membros, permaneceram protegidas dentro dele enquanto esperavam por ajuda da Igreja.
A sua filha de 7 anos fez um desenho da sua casa em destroços. “A casa dos Melone destruída pelo terramoto”. Ele assegurou à sua filha que “A casa dos Melone está edificada sobre rocha do Evangelho e jamais será destruída”. Ela encheu-se de esperançada e voltou a sorrir.



Estes são apenas alguns dos muitos testemunhos de santos fiéis da área da Europa. Presto o meu testemunho de que, quando permanecemos fiéis, podemos sentir alegria mesmo em meio aos desafios de vida.