66ª Conferência da Estaca de Lisboa “Acelerar o trabalho de salvação”

    66ª Conferência da Estaca de Lisboa “Acelerar o trabalho de salvação”

    Assistimos nos dias 1 e 2 de fevereiro à conferência da estaca de Lisboa na capela de Benfica. Este evento teve como tema “Acelerar o trabalho de salvação ”. A sessão de Sábado foi dinamizada com um novo modelo de conferência. Assim, para além dos habituais discursos, assistimos à apresentação dos missionários de templo integral que, de uma forma prática, nos demonstraram como podemos convidar, a conhecer a igreja, as pessoas com quem contactamos todos os dias. Depois da visualização de um pequeno vídeo, alguns irmãos que representaram as diferentes organizações da estaca fizerem comentários acerca do mesmo. O vídeo e os comentários referiram-se à forma como todos nós podemos participar na obra missionária, através do nosso exemplo e atitudes no nosso dia-a-dia. Como vencer o medo, a vergonha e a timidez foram outros dos temas abordados.

    Os discursos proferidos lembraram-nos a importância deste trabalho e enfatizaram a urgência do mesmo. O presidente da estaca de Lisboa encerrou a primeira sessão desta conferência falando das profecias para estes últimos dias “Existirão muitas guerras nestes últimos dias, mas todos os que forem pacientes e fiéis prosperarão. Sião terá paz, não existirão guerras entre nós. Convidemos pois os nossos amigos a disfrutarem desta paz”.

    A segunda sessão consistiu na transmissão via satélite, para Portugal, Espanha e Cabo Verde dos discursos de algumas autoridades gerais. Dos oradores intervenientes destacou-se a participação do Elder Teixeira da Silva, que nos falou de Frankfurt, e do Elder M. Russel Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, entre outras autoridades gerais, que discursaram a partir da cidade de Lago Salgado.

    Foi uma conferência inspiradora, pois as mensagens apresentadas convidaram-nos a vir a Cristo e a estendermos este convite também aos outros.